domingo, 28 de junho de 2009

Vando: Um Trombone Inconfundível

Vando e Grupo "Trombone & Cia"
  • O Brasil sempre foi um país rico de valores que muito contribuíram para o engrandecimento da nossa cultura popular. No caso da música popular, muitos dos valores musicais incorporado nesta arte que nasce, cresce e vive no meio do povo até os dias atuais têm sido pessoas simples muitas vezes vindas das camadas sociais de mais baixa renda, mas que trazem em sua arte a legitima essência da música do nosso povo contribuindo imensamente para o engrandecimento da mesma.

O piauiense de Teresina, Vando Paes Barbosa, músico trombonista e compositor é um destes músicos vindo do povo possuidor de um talento musical invejável e que podemos colocar neste patamar. Filho de pessoas simples começou a tocar trombone ainda na infância em projetos públicos de ensino musical através de banda de música em escola pública na cidade onde nasceu. Ainda jovem em busca de novos horizontes, iniciou carreira militar e em paralelo começou também a tocar na noite em bailes e festas, como integrante de diversas formações instrumentais. Tocou em vários grupos de samba onde logo cedo se integrou com músicos de gafieira, sambistas e chorões da velha guarda.

Em pouco tempo montou o grupo instrumental “Trombone e Cia”, voltado exclusivamente para a execução do choro, onde tocando predominantemente trombone e às vezes flauta, tem resgatado a arte de tocar um repertório de musicas brasileiras de nossos melhores compositores de choro, samba, maxixes e outros gêneros que estava na saudade dos nossos ouvintes.

  • Vando no Trombone... em momento de descontração em São Pedro-SP ao lado de Beto Ribeiro no cavaco, Rannyel Santos no Sax soprano, Erlim no Pandeiro.

O que encanta neste virtuoso trombonista não é propriamete a riqueza de técnica, nem o senhorio legítimo do seu instrumento. O que nos encanta em Vando é a sua relação com o ouvinte. É preciso porém vê-lo, para se poder fazer uma idéia nítida do artista que ele realmente é. Vê-lo com disposição de espírito fazendo um passeio por entre o público, extasiando o ouvinte com seu som rico e melódioso. E é a partir daí que começa o encanto dominador do artista, a sua soberana inteligência em fazer do som uma linguagem e desta linguagem um elo com seu público.

  • O grande diferencial que nos chama a atenção na performance de Vando ao trombone, além dos aspectos técnicos comuns aos grandes trombonista, tem sido seu carisma e sua interação com o público. Esta realmente tem sido a sua marca pessoal intransferível por onde tem passado com seu trombone.

Video com apresentação do Grupo Trombone & Cia realizada em 2007, no Festival de Inverno de Pedro II - Pi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário