sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Maestro Aurélio Melo


Maestro Aurélio Melo
  • O músico, compositor, arranjador e regente Raimundo Aurélio Melo, iniciou sua carreira musical em Teresina no inicio dos anos 70 como trombonista da banda estudantil do Colégio Álvaro Ferreira, no Bairro Piçarra. De lá pra cá, tem uma trajetoria musical com um histórico de dedicação e bom desempenhado das funções por onde tem atuado.
De sua larga folha de serviço prestado a música piauiense poderiamos dizer que: foi músico da banda 16 de Agosto da Prefeitura de Teresina no inicio dos anos 70; fundou com outros colegas, ainda na década de 70, o Grupo Cadeia, que se utilizava dos ritmos regionais para fazer um trabalho autoral; fundou na década de 90, o Grupo Ensaio Vocal, um conjunto vocal que utiliza arranjos vocais sofisticados; é regente e fundador de vários corais na cidade de Teresina e região, dentre estes o Coral UFPI; é o atual regente da Orquestra Sinfônica de Teresina.
  • Estudou Teoria Musical, Harmonia Tradicional, Regência Coral com os professores Reginaldo Carvalho e Alberto Caplan. Harmonia Funcional com Ian Guest e Regência orquestral com Ernani Aguiar. Participou de painés de Regência Coral com os professores Pe. Pedro Ferreira, Carlyle Weiss e Mara Campos.

Grupo Candeia
Participou, na Rede Globo de Televisão, dos programas "Concertos para a Juventude" com a Banda 16 de Agosto, da Prefeitura Municipal de Teresina e do programa "Som Brasil" com o Grupo Candeia.
Com o Grupo Ensaio Vocal gravou os Cds: "Canto do Povo de Um Lugar" e "Ensaio Vocal Canta Chico Buarque", que mais tarde originou o show com o mesmo nome e que possibilitou uma excursão por cidades de Portugal e Espanha.
  • Como compositor de música coral, foi finalistas nos concursos de Minas Gerais com a obra "Rataplâ" e em S. Paulo e com "Laura-Quero Água".
Aurélio Melo em performance no Grupo Candeia
Publicou o livro Arranjos Corais através do projeto de editoração da Universidade Federal do Piauí. Para o repertório instrumental clássico compôs várias peças orquestrais, entre elas: "Sinfonia na Chapada", "Sinfonia de Teresina", "Missa de São Benedito" e "Martelo".
Conquistou 3° e 4° lugares como compositor de MPB no "Festival Canta Nordeste" da Rede Globo, em 93 e 95 respectivamente, com as músicas: "Que Xote" e "Meio Tom", com interpretação do grupo Ensaio Vocal do qual é membro e fundador.

  • Atualmente é Regente titular da Orquestra Sinfônica de Teresina, dos Corais do Sebrae-Pi, da UFPI, Séc. de Educação e Diretor da Escola de Música de Teresina.

13 comentários:

  1. Considero que o Compositor e Regente Raimundo Aurélio Melo contribuiu em sua região de maneira muito significativa principalmente na área coral. São arranjos, obras, "conjuntos e conjuntos", em diferentes formações. O artista adapta-se ao cenário em que acaba inserido e a partir dele cria e recria, remonta leituras de formas distintas; estimula, fomenta, aviva a produção ao redor de sí, despertando esse prazer da arte sonora no fazer musical.

    Grande abraço coralístico a todos,

    Marcos Paulo Blasques Bueno
    Maestro, Compositor e Cineasta

    ResponderExcluir
  2. Quais os cursos superiores que ele tem? Especializações? Mestrados? Ao menos um curso técnico?

    ResponderExcluir
  3. Não sei quais os cursos superiores que ele tem. Mas te respondo perguntando:

    Quais cursos superiores o LULA tem?
    Quais cursos superiores o Seu João Claudino tem?
    Quais cursos superiores o maestro-compositor Villa Lobos tinha?

    Resposta para todas as perguntas: Nenhum. As obras dessas pessoas é que são seus titulos.

    ResponderExcluir
  4. Estudei com o Aurélio. Recentemente, no Teresina Shopping, encontreio-o e tive a oportunidade de, por uns poucos minutos, conversar um pouco sobre os bons tempos de Colégio (Álvaro Ferreira). Foi enriquecedora a conversa com tão importante figura Piauiense. Um abraço Aurélio. (Arimatéa Fonseca - Brasília/DF)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quero ter certeza,se o maestro Aurélio é dos meus tempos de Álvaro Ferreira,as dicas são:o diretor da época era Ednar loiola Silva,professores Apurian,inspetores,senhoras martinha e Inês,professor de Português,Luis Santos.Resido no Df há 29 anos,por favor colegas da época entrem em contato.(pimentel-sa@hotmail.com)

      Excluir
    2. Pimentel, olá! Vou escrever algumas coisas só para vc se posicionar. Vi este teu comentário q é de abr/12, ou seja, atualmente, vc já ultrapassou 33 anos de Brasília. Eu moro aqui no DF desde 1990. Vc mencionou o Prof. Ednar Loiola, Apurian (já tinha tentado me lembrar do nome deste professor de matemática), as inspetoras Martinha e Inês. Meus professores de Português e Literatura foram, respectivamente: Prof Pessa e José Maria Vasconcelos. Estudei com o Aurélio até 1973 (2º ano do antigo Científico). (Arimatéa Fonseca - Brasília, set/16).

      Excluir
  5. Olá Ana Helcias (Edição no Video "Tributo ao Maestro Aurélio Melo", publicado no youtube para a comemoração do aniversário desse grande artista),

    Você não faz idéia do quanto me sinto honrado por essas tão poucas palavras no comentário sobre o Maestro Aurélio Melo fazerem parte dessa homenagem para ele!

    Raimundo Aurélio Melo é um Artista que merece muito mais do que essas palavras dizem: é um Guerreiro, é um Vencedor de muitas batalhas.

    "Feliz aniversário Maestro! Muitos o parabenizam! Pessoas de lugares distantes, de onde você nem imagina! Pessoas atingidas pelos frutos de seu trabalho, pelo doce néctar em sua arte!"

    Grande cineabraço musicanimado,
    Marcos Blasques @marcpbb

    ResponderExcluir
  6. O que enaltece o trabalho de uma pessoa não é uma formação acadêmica de prestígio, porém sua capacidade e competência de fazer o que muitos não conseguem. Mais vale a arte no coração do que diplomas em mão!


    (Júlio Luís)

    ResponderExcluir
  7. Ele faz o tipo politicamente correto - não briga com ninguem... é sempre amigo da corte; muito personalistico (se projetando para aparecer acima das instituições).

    Fora isso, é um maestro que faz coisas comuns, lhe faltando obras musicais que lhe respalde e o credencie ser um dos grandes.

    Mas pra quem já tem o titulo de "maestro" e "bom moço" [maestro bom moço (que legal!)], só lhe falta agora uma obra à altura de seu tempo para nos convencer que é um dos grandes... como busca ser.

    PS. Se acontecer alguma tissuname em Teresina não é por causa desse comentário.

    É GUERRA... PEIXE

    ResponderExcluir
  8. Esssa turma faz parte dos meus bons tempos. Banda do àlvaro Ferreira. O Aurélio (Honra ao trombone)sempre se destacou, Adalberto, Zé Rodrigues, Maguim, Santana,Professor Pigorero, Professor Chico e Luiz Santos. E eu no tarol..... Ví e falei com Aurélio uns tempos atrás, e ele não me reconheceu. Tá desculpado, 30 quilos a mais ninguem aguenta. Um abraço, Nilton Lima

    ResponderExcluir
  9. Nilton que bom seria reencontra-lo, talvez nem lembre, mas tocamos muitas alvoradas, aniversarios, e outras atividades, talvez minha lembrança esteja um pouco melhor que a sua rsrsr, a Banda era formada por muitos amigos, Raimundo, Pequí, Aurélio, Gemal, Sobreira,eu Cláudio, Josias, Maguin( Pirulito) Daniel, Adalberto,Santana, Wellinghton, Joaquin, Nilton,Amauri, Araújo,professor Chico Santos, Pigoreiro e muitos outros se possivel entre em contato comigo, moro em Brasilia no Paranoá, e meu email é claudiojacome2010@gmail.com

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. O nosso orgulho piauiense.
    Vida longa ao maestro!!!

    ResponderExcluir