domingo, 6 de março de 2011

Carnaval: "Música Pra Pular Brasileira"

  • Música e dança são a essência do carnaval. O carnaval brasileiro se renova na convergência entre a música popular e a dança. Não é a toa que o crítico de MPB Nelson Motta diz: Carnaval é “música pra pular brasileira”.

Música e dança no Brasil estão conjugados, e são esses os dois fatores fundamentais do carnaval. Mas não é assim em todos os lugares do mundo. A tradição erudita, por exemplo, oferece concertos maravilhosos, mas ninguém pula ou dança.

  • A música erudita é da cintura para cima, é para contemplar, ouvir, fazer um mergulho interno. Mexe com o silêncio, com a individualidade, com a solidão. A música popular brasileira é o oposto disso. Parte do meridiano para cima e da cintura para baixo. E o carnaval é uma das grandes épocas do ano em que a “música pra pular brasileira” está presente.

O espírito do carnaval é o corpo em movimento e a música, a fantasia é detalhe. Há vários casos de mulheres que só usam uma sombra, uma fita no cabelo ou um batom mais forte. Um vestido branco com colares coloridos já é o suficiente para sair dançando. Qualquer coisa é fantasia. O importante é a alegria, e ela não está na fantasia.

  • O melhor do carnaval é o presencial. É essencial estar naquela multidão, todo mundo junto, pulando, compartilhando, suando junto. A música tem que ser ao vivo, tem que ter alguém tocando, seja uma banda de frevo, um trio elétrico ou uma bateria de escola de samba. O carnaval é música e dança ao vivo, o resto é detalhe.

Um comentário:

  1. Atualmente, o carnaval quase em todas as cidades acontece na rua, sendo que o carnaval de salão praticamente acabou, e com isso também acabou aquela tradição das antigas marchinhas. Muito ruim para os saudosistas.

    ResponderExcluir